terça-feira, 21 de março de 2017

Depuração Hepática (Figado)

Agora que chegou mais uma Primavera é altura de cuidar do interior do nosso corpo, já para o preparar para o Verão. 

Esta época é uma das melhores (a outra é o Outono) para iniciar uma depuração ao organismo, nomeadamente uma depuração hepática, comumente designada depuração de fígado.

O fígado tem inúmeras funções, algumas das quais são depurar toxinas, fabricar bílis, facilitar a digestão de gorduras, eliminar e produzir hormonas, ajudar a absorver algumas vitaminas, armazenar glicogénio, etc. É por isso que é extremamente importante manter este órgão o mais saudável possível, sendo conveniente de vez em quando fazer uma cura de depuração ou desintoxicação do fígado.

A excluir da dieta diária

* Tabaco

* Alcool

* Cafeina

* Lacticinios

* Trigo

* Gordura

* Carne (Pode ser apenas reduzido ao mínimo a sua ingestão)

* Peixe (Pode ser apenas reduzido ao mínimo a sua ingestão)

Interpretação emocional de desintoxicação do figado, é a necessidade de limpar coisas da nossa vida que não nos deixam avançar (manias, maus hábitos, obsessões, pensamento negativos, etc).
A partir de agora sou outra pessoa. Sou uma nova pessoa. Para trás fica o velho, o negativo e tudo aquilo que limita a minha vida.

Os ciclos de renovação do organismo, a nível celular têm uma duração de 21 dias, como tal o processo de depuração deveria ser durante este tempo. Mas existem sugestões de processos mais curtos, de uma semana, mas ao mesmo tempo mais rádicais, pois propõem o jejum, ou dietas só de sopas e sumos de fruta.

A proposta que apresento, e que já experimentei comigo, é mais moderada, e simultâneamente é para ser feita nesse tempo.

Recomendações a incluir na dieta diária

* Ingestão matinal de uma colher de sopa de sementes de linhaça douradas (As sementes devem ser compradas inteiras, e ingeridas ou moídas no momento, ou depois de ficarem demolhadas em água, da noite para a manhã, e neste caso também a água deve ser ingerida)

* 3 a 4 vezes ao dia, deve ser ingerida infusão de cardo mariano, dente de leão e alcachofra (combinação de plantas depurativas)

* 1,5l de água durante o dia

* Ingestão preferencial de frutas e legumes

Para depurar o fígado temos de escolher uma altura em que tenhamos férias ou menos trabalho, uma vez que o descanso e a tranquilidade são muito importantes nestes momentos.

Factores a ter em conta para a desintoxicação do fígado

Temos de ter em conta que muitas vezes ao iniciar uma cura depurativa pode aparecer o que se chama de “crise curativa”. O corpo tenta desfazer-se das toxinas e por vezes fá-lo através da febre, diarreia ou fezes abundantes e mal cheirosas, cansaço, falta de apetite, náuseas, dores de cabeça intensas, mucosidades, mau odor corporal, urina muito escura, erupções na pele, etc. (Isto não quer dizer que vamos passar por todos estes sintomas).

Nalgumas depurações mais potentes pode acontecer um fenómeno muito curioso que é a Lei de Hering, que consiste no reaparecimento de sintomas de antigas doenças mal curadas e que agora o corpo nos dá uma nova oportunidade.

Mensagens Populares